TERAPIAS ALTERNATIVA E O MERGULHO NA COMPLEXIDADE DO SER.

Queremos aqui refletir sobre as escolhas que as pessoas fazem para aliviar suas dores e angústias em busca de um bem estar imediato. Hoje muitas “terapias” surgem nas mídias ou nas experiências que muitos se submetem com “promessa de felicidade”. Porém, a existência de cada um, suas diversas interações e consequentes tomadas de decisões são complexas. Vale ressaltar que o mundo subjetivo, próprio de cada ser, no que se é e se sente internamente, é de difícil entendimento. Logo, se alguém quiser tirar de si as dores mais íntimas e arraigadas deve mergulhar nas profundezas do seu eu. Para adentrar nesse mar de incertezas, sugerimos a escolha de um instrutor que tenha sabedoria, conhecimento técnico-científico e paciência para acompanhar o passo a passo nessa busca de dias melhores, pois sabemos que a imperícia e a imprudência na busca de solução para o mal estar é que poderá nos afogar nas turbulências da vida.
A pessoa em sofrimento começa a se questionar o que deve fazer para se livrar da dor e receitas e indicações não faltam por parte de conhecidos, amigos e internet. Muitas vezes nesta busca de alívio imediato perde a oportunidade de descobrir o quanto pode aprender e se reconstruir com essa dor. Ao contrário, fica procurando novos mares, nadando na superficialidade de seu eu, pois aprofundar-se e compreender a si mesmo e suas relações requer apropriar-se de sua história e comprometer-se com sua vida e suas escolhas. Para isso, não pode transferir a outros o poder dessa transformação, precisa correr os riscos e enfrentar os próprios monstros de seu mar, o que só é possível com um instrutor que empaticamente se disponha a acompanhá-lo e orientá-lo, entendendo que o mergulho é necessário para que continue aprofundar-se cada vez mais e assim encontrar seus tesouros mais significativos.
A escolha de ficar na superfície ou mergulhar profundamente deve ser de cada um. Porém, na superficialidade tem o que boia, o que não tem peso, o que todos veem e fica-se a mercê dos ventos, das marés, do “outro”. Nessa compreensão de soluções encontra dietas e curas milagrosas que têm a função de embaçar a visão e manter a busca constante sem direção. Com isso espera que o médico tenha o poder da cura por meio da administração de uma medicação eficaz, ou que outros tratamentos ou terapeutas imediatamente lhe explique o porquê de sua dor, eliminando-a. Espera ainda que o parceiro ou parceira o faça feliz, tendo que advinhar/descobrir o que necessita e em consequência faça o que muitas vezes não consegue fazer, descompromissando a si mesmo. Que seu filho e/ou filha realize seus sonhos, pois “faz tudo por ele e/ou ela” abrindo mão do que um dia desejou.
Muitos tratamentos e métodos hoje oferecem o alívio imediato a angústias, mas expõem a história, as dores e defesas mais profundas. Para se compreender os acontecimentos que por muito tempo se acentaram no fundo do nosso ser é necessário se entender a complexidade das interações que os fizeram adormecer. Tirá-los e manipulá-los sem cuidado adequado do lugar que se encontra é abrir feridas nas relações e história de vida que trarão com o tempo sequelas ainda maiores.
Para se viver bem, profunda e intensamente, precisa-se inicialmente conhecer a si mesmo e entender suas relações. Para dar conta de sua vida se faz necessário implicação. E implicar-se é provocar uma ação em si. Uma das ações recomendada é o processo psicoterapêutico, com psicólogo que tenha conhecimento na área que se quer intervenção, para assim se ter um mergulho seguro, pois o instrutor deve iluminar o caminho com cuidado e no tempo possível, para que o mergulhador possa enxergar os perigos existente, além de desenvolver as habilidades para enfrentá-los, pois só assim poderá enxergar os tesouros que possui e tomar posse deles para uma vida mais rica e uma vivência mais saudável em seu mundo de relações e realizações.
Psicóloga – Terapeuta Familiar e de Casal
Noemi Paulina Cappellesso Finkler Noemi
CRP 08/03539
Psicóloga – Terapeuta Familiar e de Casal
Elisa Mara Ribeiro da Silva
CRP 08/03543

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!