SEU TIME ESTÁ PREPARADO PARA MOMENTOS DE CRISE?

Seu time está preparado para jogar em momentos de crise ou só consegue atingir resultado positivo quando o tempo e o campo são favoráveis? Nestes momentos os gestores se perguntam se escalaram adequadamente seus jogadores e se desenvolveram o time de forma adequada no momento em que a crise econômica se anunciara. Além disso, devem cuidar de seus colaboradores para que o clima psicológico criado pelo bombardeio de notícias a respeito dos acontecimentos não leve a Empresa para a segunda divisão.
A crise econômica aliada à crise política hoje é uma realidade em diversos setores da sociedade e, dependendo das estruturas emocionais, também acaba sendo uma crise psicológica. Este contexto pode levar as pessoas muitas vezes a ter um comportamento exagerado de fechamento, quando deveriam ter atitudes de reflexão e cautela. Muitas Empresas ao ouvir o anúncio de novos tempos reúnem seus colaboradores e ampliam sua visão analisando quais novas oportunidades o movimento de mercado traz. Logo, observando o perfil, criam novas escalas e mudam até mesmo talentos de posição reestruturando sua equipe para atitudes vencedoras. Porém, outras, diante do anunciado, demitem colaboradores e em uma atitude de medo e pessimismo, ou falta de planejamento, se encolhem e chegam a fechar suas portas por não saber o que fazer diante do que se apresenta, perdendo o caminho percorrido até então. Seja qual for sua situação, neste momento é importante manter a união e motivação de seu time para juntos buscar soluções para o problema que ora se apresenta.
Existem muitos talentos mal aproveitados nas Empresas por não serem ouvidos em virtude do pessimismo que se instala em situações adversas ou por falta de um programa de desenvolvimento adequado. E também, as Empresas investem pouquíssimo tempo e dinheiro para desenvolver seus talentos e com isso entregam produtos e serviços medíocres a seus clientes. Para que um time tenha bons resultados é importante desenvolver continuamente a equipe porque somente assim terá recursos internos para criar estratégias diferentes de enfrentamento em distintas situações, pois é disso que é feita a vida, superação de crises, e é disso que deveriam ser feitas as Empresas, já que a crise passa e a Empresa fica.

Psicóloga – Terapeuta Familiar e de Casal
Noemi Paulina Cappellesso Finkler
CRP 08/03539

Psicóloga – Terapeuta Familiar e de Casal
Elisa Mara Ribeiro da Silva
CRP 08/03543

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!